quarta-feira, 12 de junho de 2013

Sumi mas não morri!

Então, depois de momentos de tensão aqui, pensei até em voltar a trabalhar...o que ficou implícito é com quem ficaria o Allan. Depois de muita conversa, mente mais tranquila, estamos nos ajustando e vendo como será o futuro ainda mantendo a academia, o curso da filha, o karatê do filho e por ai vai.
Passei dois dias dizendo não pra muita comida e acordei num belo dia com uma barriga invejável, ai caí na besteira de tomar chá de carqueja! Quem me conhece sabe o efeito que tem no meu organismo o chá verde, mas não pude imaginar que a carqueja (depois de tanto tempo, afinal quando adolescente tomei muito) abriria meu apetite de forma descomunal.
Bolo integral com chá a parte, começo a perceber que sempre teremos motivos pra nos abarrotarmos de comida e pode ter certeza que a culpa vêm, e bem forte!
Ora bolotas, porque não seguimos uma reeducação alimentar quando estamos ansiosos?
Por que não seguimos uma reeducação alimentar quando estamos sem dinheiro?
Por que não seguimos com a reeducação alimentar quando estamos tristes?
Por que damos tantas desculpas pra entrar de cabeça numa mudança VERDADEIRA de vida?
Acabei de ler um post da Penelope Nova e entendi o que ela quis dizer. Claro que o fator DINHEIRO será sempre uma variável importante, mas não é impossível comer de maneira EDUCADA e SAUDAVEL gastando menos.
Não estou falando do absurdo do valor do pão integral, nem conta do iogurte light/diet/grego da vida. Estou falando do frango, do brócolis, da rúcula, do espinafre, da cenoura, da beterraba, do feijão e do arroz.
Comecei a ver gente que faz mil perguntas sobre dieta, que pega trocentos pesos na academia e sai a noite no final de semana e ENCHE A CARA de álcool. Não estou nem falando do chocolate nosso de cada dia, tô falando da batata frita que o povo não consegue largar, pior é quem depois de conseguir o peso que queria (EU) volta a comer coisas que antes não comia e até extrapola a quantidade.
A mente não mudou! Só o que mudou foi a quantidade de exercícios e meu marido SABE disso, por isso se recusou a parar de pagar a academia.
Sinceramente isso está me fazendo pensar e pesar muito.
Gente, não adianta perder 30kg, conseguir um corpo sarado, se no primeiro imprevisto você perceber que corre o risco de se tornar uma pessoa doente de novo.
A MENTE PRECISA MUDAR!
Por que se o dinheiro acabar, se a academia rodar, se quebrar o pé, se der pau na lombar, o que eu como e como como não pode mudar!
É necessário perdermos um pouco mais de tempo com o psicológico pra não colocarmos tudo em risco.
Até rimou hehehehe...então gente é isso
 Beijo pra quem fica!

8 comentários:

  1. Adorei!!! as vezes achamos qquer coisa uma desculpa para não ir na academia, e aproveitamos para abusar na alimentação...#issotemquemudar... bjus tati

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Força na peruca Tati! Precisamos continuar dizendo não!

      Excluir
  2. Já ti falei hj q sou sua fã rsrsrs amei o post , vc é show! Um beijão querida..quando puder assista essa pregação, acho q vc vai gostar->
    http://www.youtube.com/watch?v=XoQRDwDDXgY&NR=1&feature=endscreen

    (Joyce Meyer- Programe sua mente para o sucesso Pt 1 e 2

    F
    U
    I....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim que der coloco aqui pra assistir! Saudades kbeça

      Excluir
  3. Foco e determinação sempre...
    já estou te seguindo... bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foco e coragem pra continuar! Simbora! Obrigada!

      Excluir
  4. Que bom que vai continuar treinando!!!!!!

    Foco ai mulherrrr

    Bjuxxxxxxxxxxxxxxx

    ResponderExcluir
  5. É isso ae Monikinhaa! Vamos com tudo!

    ResponderExcluir

Redescobrindo comigo:

Sou do jeito que você me vê.

Sou do jeito que você me vê.