sexta-feira, 2 de agosto de 2013

A vida na internet

Minha amiga Kelly sempre me diz: "Um ponto de vista é só a vista de um ponto" Hoje percebo que dez pessoas vão ler a mesma frase e vão interpretar de formas diferentes.
Tenho lutado com minha baixa auto estima por décadas, e olha que estou indo pra 4ª, me ajustando, me policiando, me amando,  olhando com misericórdia, olhando com ternura tudo o que acho diferente de mim e do que eu creio, tudo o que acho que não tenho e não sou. Algumas coisas ferem demais, ai não rola, preciso descartar e não é fácil...sair daquele pensamento de que eu tenho que ser SEMPRE agradável com todo mundo e que por ter vivido em um caos constante (e provocá-lo sempre) e hoje não posso dar vazão a essa mania destrutiva, isso me faz buscar mais de Deus naquilo que EU acredito, mas também não posso anular completamente meu tino crítico.
Às vezes me pego tão diferente, tão deslocada...e vem aquela pontada dizendo fulano não vai muito com a tua cara. Isso ainda me incomoda, mas hoje já aceito melhor do que antes.
Eu sei. Não dá mesmo pra agradar todo mundo, não existe quem consiga sem no mínimo um pingo de falsidade, ainda mais hoje em dia e falsidade meu amigo, não rola comigo.
Novidades novas: Marido mandou comprar meu quimono! EBA!!!! Agora é oficial viu? Só preciso de pernas pra chegar no Karatê, porque o novo treino está me arrasando e até dormir tem sido difícil.
Como eu nunca imaginei fazer abdominal na barra do smith? kkkkk Como assim? 3 apoios eu já vi, e tentei com 10kg de cada lado, foi nessa hora que achei que iria VOMITAR! Então pensei "Melhor começar devagar, com calma, baixando pra 5kg de cada lado" ai consegui fazer.
Preciso contar que a Débora (minha magrelinha) fez minha progressiva e estou apaixonada pelo meu cabelo que está curto, macio, sedoso e ... cheio ainda! Ela disse que vai passar o produto novamente e estou adorando essa ideia pra falar a verdade. Já sei como posso pagá-la já que ela insiste em não receber: Vou mandar o dinheiro pra mãe dela. HÁ.
Então é isso, a vida a gente leva como pode, cada um com suas crenças, seus achismos, suas críticas, seus preconceitos, suas decisões. Eu insisto em dizer que ter me tornado Cristã salvou minha vida e minha família e não me arrependo disso. Sou imperfeita e não quero pessoas perfeitas ao meu lado. Sigo, nessa luta assim mesmo.
Depois de muito tempo sem treino constante, voltei. Eu e o povo da Smart. Destaque pra guerreira da Claudinha que trabalha lá pela manhã e a tarde treina junto:



Claudinha e eu

     



4 comentários:

  1. Tô contigo e num abro heheh ssaparada aê mermuu hauauahua...Bjaummm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha é ou não né? Depende do ponto de vista de cada um, pra muitos eu devo estar errada! Mas o que seria do verde se todos só gostassem do vermelho?
      Beijos e beijos

      Excluir
  2. Sou sua fã...continue sempre assim: perfeitamente imperfeita...rsrs
    bjus
    tati.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Tati! Eu que torço muito por ti!
      Beijos!

      Excluir

Redescobrindo comigo:

Sou do jeito que você me vê.

Sou do jeito que você me vê.